Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Friday, I´m in love

por Joana, em 05.12.14

Com o ritmo perfeito para entrar nesta sexta-feira!

 

Bom dia a todos, 

 

J♥ 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tempo na cozinha #1

por Joana, em 04.12.14

Como já vos tinha dito neste post, decidi fazer algumas das receitas dos livros que comprei e partilhar com vocês, não só a experiência, como a própria receita. 

Hoje, quando cheguei a casa, deu-me para ir para a cozinha. Decidi fazer uma receita do livro da Lorraine Pascale. Para começar, um doce. 

Escolhi os chupa-chupas rápidos de bolachas e creme.

IMG_3354.png

 

Antes da receita, deixem-me dizer algumas coisas: não são assim tão rápidos, vão perceber isso ao longo da receita; têm um aspecto lindo nas imagens mas, se forem pouco experientes nesta coisa dos doces como eu sou, vão demorar algum tempo a lá chegar; e se acham que eles são saborosos, estão completamente certas! Tornam-se viciantes de tão bons que são!

 

Vou dar-vos a receita original com algumas anotações minhas, para vos ajudar em alguns passos.

 

INGREDIENTES:

 

- 2 pacotes de 154 gramas de bolachas Oreo

- 150g de queijo creme (ou queijo creme com chocolate ou Nutella) - eu usei o queijo Philadelphia normal

- 200g de chocolate branco (o mais barato que encontrar)

- 2 colheres de chá (por chupa) de granulado de chocolate multicolor ou nozes picadas (opcional) - eu cobri-os por completo.

- paozinhos para chupa-chupas - comprei os meus na loja Casa, no Retail Park em Sintra.

IMG_3327.png

 

 PREPARAÇÃO:

  • Forre um tabuleiro para forno grande (que caiba no congelador ou no frigorífico) com papel vegetal e reserve. 

Como todos os tabuleiros de forno que temos cá em casa são muito grandes, optei por forrar um tabuleiro de vidro que acaba por fazer o mesmo efeito.

IMG_3328_2.png

  • Deite as Oreos no robô de cozinha e triture até ficarem parecidas com pão ralado (para quem tem a Bimby em casa usem a velocidade 7, 8 e 9). Adicione o queijo creme (ou queijo creme com chocolate ou Nutella) e bata até a mistura começar a formar uma bola. 

IMG_3330.png

IMG_3331.png

IMG_3333.png

IMG_3334_2.png

  • Se não usar um robô de cozinha, deite as bolachas num saco de plástico para alimentos (conseguem encontrar no Continente ou no Pingo Doce) e esmague-as com o rolo da massa (não se esqueçam que têm que ficar com dimensões idênticas às do pão ralado). Coloque-as numa tigela média e adicione o queijo creme (ou o queijo creme com chocolate ou a Nutella) até a mistura começar a incorporar.

Neste passo, usei a Bimby que acabou por aquecer um bocadinho e deixar a massa mais líquida que o pretendido. Se isso vos acontecer, coloquem o copo misturador durante 10 minutos no frigorífico e fica resolvido. 

  • Com as mãos frias (à medida que ia enrolando as bolinhas passava as mãos por água fria para ajudar a manter a consistência da massa), enrole a mistura em 18-20 bolas de tamanho idêntico, com cerca de 3 cm de diâmetro cada uma (eu consegui fazer 23 bolinhas). O tamanho não importa muito, é apenas uma orientação, mas molde-as de forma a ficarem bem consistentes. Coloque-as no tabuleiro e leve-as ao congelador durante 15 minutos, ou ao frigorífico durante 30 minutos, para endurecerem. 

IMG_3336_2.png

IMG_3339_2.png

IMG_3340.png

IMG_3351.png

IMG_3378_2.png

 

Como podem ver as minhas bolinhas não ficaram todas do mesmo tamanho. A minha cozinha tem o defeito/qualidade de ser quente e no fim ainda tive que arredondar um pouco mais a massa. Eu preferi usar o frigorífico e aconselho a deixarem  a massa ficar mais 10/15 minutos, pois o chocolate misturado com o queijo creme tem dificuldade em endurecer.

  • Quando estiverem prontas, derreta o chocolate no micro-ondas 30 segundos de cada vez, mexendo nos intervalos (é importante que façam este passo tal como a Lorraine explica pois o chocolate branco tem uma facilidade enorme para queimar) ou numa tigela pequena em banho-maria, sem deixar que toque na água, senão o chocolate ganha grumos. 

IMG_3383.png

IMG_3384_2.png

 

Foi aqui que eu errei. Achei que a consistência do chocolate estava boa quando na realidade ainda estava muito grossa. Deixem o chocolate mesmo líquido para se tornar mais fácil de mergulhar os chupa-chupas. Se estiver mais espesso que aquilo que é suposto, como me aconteceu, vão ter dificuldade em mergulhar o chupa.

  • Retire as bolas do frigorífico/congelador. Mergulhe a ponta de um pauzinho no chocolate derretido e insira essa ponta numa bola cerca de 1-2 cm. Repita com as restantes bolas e volte a colocá-las no tabuleiro.

IMG_3385.png

IMG_3386_2.png

IMG_3401.png

  • Mergulhe as bolas no restante chocolate, uma de cada vez, rodando-as ligeiramente e deixando pingar o excesso para a tigela. Coloque-as no tabuleiro com os pauzinhos a apontar para cima (se acharem que o chocolate está muito espesso, podem voltar a derreter no mircro-ondas). Se usar uma cobertura como o granulado de chocolate multicolor ou as nozes picadas. coloque-as em tigelas pequenas antes de mergulhar as bolas no chocolate. Depois, mergulhe-as no cobertura até estarem totalmente cobertas ou só metade - o que mais gostar. 

Ou seja, passem as bolas primeiro pelo chocolate branco, depois pelo granulado de chocolate multicolor e só depois é que as colocam no tabuleiro com os pauzinhos a apontar para cima. 

IMG_3407.png

IMG_3410_2.png

  • Volte a colocar os chupas no frigorífico durante 20 minutos (ou no congelador durante 10 minutos) até ficarem firmes. 
  • Para servir, coloque os chupas numa travessa ou num prato para bolos (como estavam no tabuleiro) ou então em pé num copo, com as bolas para cima. 

IMG_3411.png

IMG_3415.png

 

Não ficaram perfeitos mas também não ficaram maus. 

Gostei muito de fazer esta receita. É um doce que dá trabalho mas é muito divertido. Tive a ajuda da minha mãe e acabámos por nos divertir imenso as duas. É um coisa muito engraçada para fazerem em família ou com os miúdos pequenos daí de casa.

Estou a pensar em fazer a próxima receita em vídeo, é mais fácil para perceberem e sempre é um interação diferente. O que acham?

 

Partilhei esta foto no meu instagram e não podia deixar de partilhar com vocês:

IMG_3371.png

 

Nunca estou sozinha na cozinha. Elas estão lá sempre a pedir qualquer coisinha. Peço desculpa pela qualidade da imagem mas foi uma coisa tirada no momento e nem tinha intenção de a publicar. 

 

E assim foi a minha primeira aventura na cozinha com a Lorraine Pascale.

IMG_3419.png

 

Espero que tenham gostado,

 

J♥

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tic Tac

por Joana, em 03.12.14

Os relógios, para além de serem um acessório que está sempre na moda, dão imenso jeito.

Nós já somos um pouco viciados no telemóvel e se deixarmos de usar relógio então aí até para ver as horas ele já serve (a mim já me acontece isto).

Estamos na época natalícia e, como tal, é a altura ideal para pedir um presente assim um bocadinho mais caro mas que nos dure imenso tempo. 

Pesquisei nas minhas marcas preferidas e que, apesar de serem caras, sei que vai ser uma coisa que vos vai durar imenso tempo porque têm qualidade.

Agora usam-se muito os relógios pequeninos, em ouro rosa ou em prateado. Eu acho-os muito femininos e, por serem finos, acabam por deixar qualquer pulso elegante. Para além desses, deixo-vos também relógios clássicos e simples que podem conjugar com qualquer peça do vosso guarda-roupa.

 

  • Michael Kors

michael relogios .png

 

É uma marca que toda  agente conhece e que aposta cada vez mais na linha de relógios. Aqui estão alguns exemplos mas visitem o site aqui para descobrirem o resto da coleção. 

 

  • Calvin Klein

calvin r.png

 

São todos super giros e têm a vantagem de combinarem com qualquer coisa.

Não se esqueçam que o cobre é a grande aposta para acessórios este ano. Já é considerado um neutro portanto não precisam de ter receio em investir nesta cor.

A Boutique dos Relógios tem a coleção toda disponível online.

 

  • Nixon

nixon r.png

 

Fazem parte de uma linha mais desportiva mas também conseguimos encontrar modelos muito engraçados. Gosto especialmente do prateado com o fundo preto, é muito elegante.

 

  • Daniel Wellington 

d w relogios .png

 

São aqueles relógios clássicos e que ficam sempre bem. Agora incluíram uns brilhantes muito suaves na coleção. Adoro! Estes são os meus preferidos mas vale a pena espreitarem a restante coleção. Vejam aqui

 

  • Eletta x Maria Guedes

electta mariaguedes.png

 

É uma edição especial composta por 3 modelos. O relógio que falta é em azul eléctrico. Estes dois são os que gosto mais. Em tons discretos mas com um toque especial.

 

  • Marc by Marc Jacobs

marc by marc jacobs.png

 

Adoro o relógio em cobre com o mostrador azul escuro. É pequeno, como se usa agora e, na minha opinião, como se devia usar sempre, e foi desenhado para ser elegante. Se não gostarem deste, qualquer uma das outras opções é uma boa escolha.

 

Boas compras,

 

J♥ 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Home sweet Home #8

por Joana, em 01.12.14

Está frio e vento, o inverno começa a apertar e as saudades do verão começam a aparecer. 

Posto isto, deixo-vos aqui uma casita (coisa pequena!) para as saudades apertarem, AINDA MAIS.

IMG_3261.png

IMG_3262.png

IMG_3263.png

IMG_3264.png

IMG_3265.png

IMG_3266.png

 

Esta casa, nada gira e muito ranhosa, fica em Malibu.

Era bom, não era?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Favoritos de Dezembro

por Joana, em 01.12.14

Sempre que encontro o título "Favoritos de (o mês em que estamos)" num post já sei que vai ser, essencialmente, sobre roupa e maquilhagem. 

Aqui vamos fazer algo diferente. Estamos em Dezembro e, para além de ser o mês das prendas, é também o mês das comidas. Temos o perú, o bacalhau, os doces e por aí adiante. 

Como uma das minhas grandes paixões é cozinhar, e cá em casa anda toda a gente com vontade de modificar o menu de Natal, decidi investir em livros de culinária.

Estamos na época mais consumista do ano e as editoras aproveitam isso para laçar novos livros (nada contra!). Andava interessada em 6 livros de culinária que foram lançados recentemente. Acabei por trazer para casa 3: um da Lorraine Pascale, outro da Nigella Lawson e outro do chef português Hugo Nascimento. 

IMG_3260.png

  • Nigella Lawson 

Gosto imenso da forma de cozinhar da Nigella Lawson. Acho-a muito acessível e dá sempre um toque especial às suas receitas. 

"Receitas fáceis inspiradas em Itália" é o nome do novo livro dela e que eu fiz questão de trazer para casa. Tem receitas deliciosas.

Antes de cada receita, a Nigella escreve uma pequena introdução sobre o porquê da receita existir, em que momentos é que a cozinha para si e até partilha um pouco daquilo que sente quando a saboreia. Acho este pormenor adorável, parece que a temos ali à nossa frente a explicar-nos todo o conceito da sua cozinha.

Esta edição traz ainda, no final do livro, um seção dedicada ao Natal. Mesmo a calhar, não é?

 

  • Lorraine Pascale 

Tive o primeiro contacto com a cozinha da Lorraine Pascale durante o programa que ela tinha na Sic Mulher. Fiquei agarrada ao ecrã desde o primeiro segundo. Já tenho um livro dela e gostei imenso das receitas portanto este tinha que vir também. 

O título do livro é "Refeições Fáceis, Frescas e Rápidas" e não podia fazer mais justiça ao seu interior. São receitas realmente rápidas e com ingredientes que fazem parte do nosso dia-a-dia.

Perfeito para usar o ano inteiro.

 

  • Hugo Nascimento

Não conhecia este chef mas já tinha visto, na Fnac, o seu livro imensas vezes. "O livro das sanduíches" é o que nos apresenta Hugo Nascimento. 

Não é um tipo de livro que faça parte dos meus interesses, gosto de receitas mais elaboradas, mas por vezes é na simplicidade que está o segredo. Este é sobre pão e os seus acompanhamentos. Quem é que não gosta de uma boa sandes?

Assim que abri o livro fiquei deliciada. Começa com umas sanduíches simples, depois avança para as sanduíches sofisticadas e acaba nas tão adoradas sanduíches clássicas.

Uma sandes, por vezes, é a solução para os nossos problemas. Seja quando estamos com pressa ou quando não temos comida suficiente em casa para elaborar uma refeição completa. É fácil, rápido e barato. 

Este livro vem ensinar-nos a dar um toque especial às nossas sandes e a tirar o máximo partido daquele que é o alimento mais ingerido em Portugal.

 

Pensei em fazer, durante o mês de Dezembro, um post dedicado a uma receita de cada um dos livros para partilhar com vocês a forma de preparação e as minhas aventuras na cozinha. O que acham?

 

J♥  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 10/10



Mais sobre mim

foto do autor











Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D