Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Qualquer ajuda é bem-vinda!

por Joana, em 30.03.15

Meninas hoje deixo os típicos assuntos que partilho no blog para apelar ao vosso coração.

A Lizzie é uma seguidora assídua do blog que, como todas nós, tem um grande sonho. Recentemente, pediu-me ajuda e partilhou comigo um bocadinho a sua história. 

A Lizzie quer ir para a universidade. Quer lutar por um futuro melhor. Ambiciona estudar em Inglaterra ou nos Estados Unidos. Uma mudança destas acarreta alguns custos. Custos esses que são difíceis de cobrir. Não basta só pagar a viagem, é preciso ter dinheiro para alimentação e para uma casa e para eventuais despesas que possam surgir. 

Como tal, a Lizzie decidiu arregaçar as mangas e lutar por si. Para conseguir o dinheiro que necessita, cria pequenos objectos que as mulheres tanto gostam: caixinhas (para tudo e mais alguma coisa) e algumas molduras muito engraçadas. Todo o dinheiro conseguido com a vendas destes objectos é para investir no seu futuro. 

Fiquei comovida com a história da Lizzie (e com todas as histórias das pessoas que lutam por si). A vida troucou-lhe as voltas mas ela não desistiu e procurou uma solução. 

Nem todos temos coragem de deixar o nosso país. Sair de casa já é, para muitos de nós, complicado então imaginem deixar para trás tudo aquilo que conhecem. Quando mudamos de país não é só a língua que muda. Tudo à nossa volta passa a ser diferente. E eu admiro muito as pessoas que têm coragem para partir.

Mas não foi só por isso que decidi partilhar a história desta menina. Foi também por todas as outras pessoas que estão a lutar por uma vida melhor, seja em que idade for. Na época em que estamos é muito difícil fazê-lo. Não por falta de vontade mas por termos uma sociedade tão despromovida de esperança e de alegria em ajudar o próximo. Cada vez mais temos tendência em olhar para o nosso pqueno mundo e esquecemo-nos que, se calhar, existe alguém pior do que nós e que, apenas com um pequeno gesto, podemos melhorar o dia dessa pessoa. 

Não estou com isto a dizer que devem andar a tirar dinheiro que necessitam para ajudar os outros, não! A vida está difícil para todos! Mas existem outras coisas que podem fazer. Uma palavra amiga muitas vezes conforta, um gesto de compaixão também. 

As críticas positivas dão alento e ânimo a pessoas que já só pensam em desistir. 

O dinheiro é só uma das muitas formas que temos ao nosso alcance para ajudar os outros. E é por isso que hoje partilho esta história. Porque as palavras têm poderes inimagináveis e o ser humano esquecesse disso. 

E agora vocês dizem "e quem é que me ajuda?". Pois é, aí está o erro. Não podemos querer receber se não esticarmos também uma mão para ajudar. Acredito que, quem dá, recebe em dobro. Pode não ser logo mas, um dia, a vida acaba por fazer contas connosco (para o bom e para o mau).

 

Se não podem ajudar a Lizzie (ou qualquer outra pessoa) comprando os seus produtos ou doando alguma quantia, deixem pelo menos uma palavra de força. 

Acreditem que já estão a ajudar. 

 

Deixo-vos aqui o link da página da Lizzie caso estejam interessados em ajudar.

 

Uma boa semana a todos que estão aí desse lado e obrigada por, todos os dias, dispensarem um bocadinho do vosso tempo para virem aqui. Isso deixa-me muito feliz (estão a ver? ajudam-me sem darem por isso),

 

J♥

 

P.s.: não quero, de maneira nenhuma, que levem este post como uma crítica. Não sou ninguém para questionar as vossas decisões. Esta é apenas a minha opinião.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hotel Grande Real Villa Itália

por Joana, em 29.03.15

Quem me segue nas redes sociais viu que estive em Cascais no fim de semana passado. Fazia anos e, como tal, tive direito a dois dias neste maravilhoso hotel.

IMG_5963.png

 

O que é que vos posso dizer? Foi tudo maravilhoso.

Antes de chegarmos, avisaram o hotel de que fazia anos então foram mimos atrás de mimos.

Fomos muito bem recebidas. O pessoal do hotel era todo muito simpático e extremamente preocupado com o bem-estar dos seus hóspedes. 

Estavam sempre atentos aos nossos passos para que estivesse tudo impecável e, em qualquer das vezes que conversei com um dos empregados, senti-me em casa devido ao conforto presente no discurso e a simpatia na sua postura.

Senti-me uma princesa, basicamente. 

Ficámos numa suite enorme, em todos os aspectos. A cama era a verdadeira King Size (deveria ter mais ou menos a largura de duas camas de casal juntas), a casa de banho era enorme bem como a sala. 

Não tivemos nenhum problema. O ar condicionado não fazia barulho nenhum, o quarto estava limpo e era muito confortável. Estava tudo, mais um vez, impecável.

IMG_5899.png

 (não tenho mais fotografias do quarto e esta também não era a melhor, desculpem! não se consegue ter noção nem do tamanho nem da beleza do quarto mas o entusiasmo era tanto que não tive tempo para mais ahah)

008room.jpg

 

 

Devo ter acabado este fim de semana com, pelo menos, mais 2 Kg. Foram tantos doces, mimos de aniversário e comida deliciosa, que eu não conseguia parar de comer (também não tentei muito).

IMG_5909.png

 Jantámos num dos restaurantes do hotel, o La Terraza. Foi um jantar óptimo. O ambiente estava muito sossegado. Foi um jantar óptimo e tranquilo.

 

IMG_5913.png

 

Começámos por pedir Ceviche de Salmão e Carpaccio de Novilho para entrada.

 

Estava divinal! O Ceviche estava muito bem preparado. As flores, a manga e o pepino em pequenas quantidades fizeram toda a diferença. Tornam o prato muito mais exótico e saboroso.

O Carpaccio também estava muito bom. Vinha com a quantidade certa de molho pesto e parmesão.

 

IMG_5914.png

IMG_5915.png

 Para prato principal optámos por comida italiana (adoro!). Um Linguini preto com marisco e um Risotto de lavagante.

 

Mais uma vez, o chefe não desiludiu. Os pratos estavam ambos divinais. Dá para perceber pelo aspecto certo? Aqui já tive direito a um miminho. O Linguini não estava na ementa mas o chefe fez o prato com todo o gosto. É isto que este hotel tem de melhor. Se vos apetecer algo que não está na ementa, eles farão todos os possíveis para satisfazer o vosso pedido (na maioria das vezes conseguem!).

Para acompanhar o jantar, pedimos uma sagria branca. Tinha imensa fruta. Fiquei admirada por encontrar maracujá no meio da mistura mas, realmente, faz toda a diferença.

Como podem imaginar, já não houve espaço para sobremesas (com muita pena nossa). O restaurante desenvolveu recentemente uma gama de gelados caseiros dos quais só ouvia maravilhas. Não cheguei a provar mas ficou a promesa de que, numa próxima, não falho.

 

Já que estou a falar em comida, tenho a dizer-vos que o pequeno-almoço é algo de outro mundo. Mais parece um brunch. Temos de tudo e mais alguma coisa. Uma selecção enorme de chás, pão nas mais variadas formas, queijos de todas as qualidades bem como o fiambre (peru, frango ou normal), temos vários produtos vegetarianos (soja e tofu estavam presentes), imensos iogurtes, um muesli delicioso (feito pelo chef), uma variadade enorme de bolos (se fizeram anos têm direito ainda a mais), vodka e outras bebidas de teor alcoólico (sim, encontrei pessoas agarradas ao champanhe logo de manhã! festa é festa minha gente!), muitas sementes (perdi-me nesta parte tamanha era a variedade), muita fruta e mais 300 coisas das quais não me recordo.

Não havia manga :( pediram ao chefe e adivinhem? Já havia manga. Era óptima, doce e muito fresquinha.

IMG_5934.png

 Depois destes mimos, tive ainda direito a outro (mais especial) na noite de sábado para domingo.

IMG_5926.png

 Sim meninas, o bolo estava muito bom. É pena ter durado tão pouco tempo ahah

 

Fiquei encantada com o hotel. É um sítio para voltar, com toda a certeza. Fiquei ainda mais curiosa em relação ao brunch deles. 

Se ainda não conhecem este espaço e andam à procura de um lugar para passar um fim de semana inesquecível, sugiro-vos este hotel. É pertinho de Lisboa e fica numa zona muito bonita e com uma vista de mar deslumbrante. 

É um bocadinho caro, não fosse este um hotel de 5*, mas tenho a certeza de que não se irão arrepender. Eu fiquei agradavelmente surpreendida, com tudo!

Podem ver os preços, os espaços do hotel e os quartos aqui.

 

 

Bom resto de fim de semana meninas, 

 

J♥

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olha ó 28!

por Joana, em 27.03.15

O 28 é dos eléctricos de Lisboa com o percurso mais bonito pela cidade. Já tive a oportunidade de fazer esta pequena viagem várias vezes e, de cada vez que a faço, descubro algo novo e que me deixa encantada. 

IMG_5859.png

 

Lisboa é uma cidade realmente bonita e, muitas vezes, não a aproveitamos como devíamos. Ser turista por um dia na nossa própria cidade é uma coisa muito engraçada de se fazer. 

Este é um óptimo passeio para se fazer num sábado cheio de sol. Se forem pela manhã será ainda melhor. Normalmente, o eléctrico vai cheio de turistas e acaba por estar um ambiente super animado. 

Como o bilhete é de tarifa única (2,80€ por viagem) vale a pena fazerem o percurso inteiro. Podem apanhar em Campo de Ourique (em frente ao cemitério) e ir até ao Martim Moniz ou, fazer o percurso inverso, e ir do Martim Moniz (ao lado do Hotel Mundial) e ir até Campo de Ourique.

Costumo apanhar em Campo de Ourique. A viagem demora, mais ou menos, uma hora e acreditem que se vão divertir imenso. As voltas que damos, as subidas inclínadas, as curvas apertadas e as ruas que parecem demasiado estreitas são alguns do motivos que fazem os passageiros soltarem verdadeiras gargalhadas. 

O ambiente é sempre agradável e a paisagem muito bonita. O eléctrico passa por vários locais emblemáticos da cidade de Lisboa, como a Basílica da Estrela, a Bica, o Chiado, a Sé, as Portas do Sol ou a Graça. 

 

Numa das vezes, saí no Largo das Portas do Sol para aproveitar a vista e almoçar. Soube tão bem! É uma das vistas mais bonitas de Lisboa e poder almoçar num local tão bonito é um privilégio. 

IMG_5873.png

IMG_5888.png

IMG_5885.png

IMG_5895.png

 

Não são obrigados a fazer o percurso completo, podem sair onde quiserem mas o preço será sempre o mesmo.

Se, neste fim de semana, o sol decidir espreitar podem aproveitar para fazerem este passeio. Tenho a certeza de que vão adorar!

Para saberem mais informações ou verem os horários vejam aqui.

 

J♥

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Friday, I´m in love

por Joana, em 27.03.15

Bom fim de semana!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

A base Perfection Vitalumière Velvet

por Joana, em 26.03.15

Comprei há cerca de um mês a base Perfection Vitalumière Velvet da Chanel. Foi uma compra com um ligeiro medo associado. Li muita coisa na net sobre esta base, tanto coisas boas como más. Cada pele é uma pele e é normal que a base tenha uma reacção diferente na nossa pele. Por isso mesmo, antes de comprar qualquer base, vou sempre pedir uma amostra para a experimentar em casa. Gosto de me maquilhar de manhã e ver como o produto reage na minha pele o resto do dia. 

IMG_5840.png 

Estava com receio que esta base não aguentasse o dia inteiro mas, graças a deus, isso não aocnteceu. Assim que a coloquei percebi que iria ser amor para uma vida ahah.

Só tenho a dizer coisas boas desta base da Chanel. É leve, tem uma cobertura média e um cheiro delicioso.

Quando a comprei ainda estavam uns dias cinzentos e o cheiro dela só me fazia lembrar os dias quentes de Verão. Passei um dia inteiro a dizer isto, já não me podiam ouvir. Mas a realidade é que fiquei realmente encantada com ela. 

Como não tenho grandes imperfeições no rosto, não preciso de bases com cobertura alta. Esta faz exactamente aquilo que preciso, dá-me um ar saudável (sou demasiado branca no Inverno, até doí), cobre uma ou outra borbulha que possa estar a surgir, disfarça alguma vermelhidão e consegue um acabamento muito natural.

Esta base é ideal para peles mistas (oleosa na zona T e normal no resto do rosto). A base aguenta o dia inteiro muito bem e, como tem um acabamento aveludado, não é necessário/obrigatório aplicarem um pó compacto. 

IMG_5829.png

IMG_5815.png

IMG_5827.png

Como podem ver nas imagens, aplico a base com as mãos. É muito fácil de espalhar (quase parece um BB cream) por ser muito leve e fluída e, por isso, os pincéis acabam por não dar o acabamento necessário para que a base cumpra o seu propósito. Se não gostarem de espalhar base com as mãos, um píncel oval (como o da primeira imagem) é o mais aconselhável neste caso.  Nada de pincéis rectos ou esponjas.

Muitas vezes as bases não dão o acabamento pretendido porque não as aplicamos da melhor maneira. Sempre que comprarem uma base nova perguntem qual a forma mais indicada de a aplicarem, vão ver que faz toda a diferença.

 

Comprei esta base na Sephora. A senhora responsável pela Chanel foi muito simpática e esclareceu-me todas as dúvidas. Vale a pena perderem um bocadinho de tempo nestes casos e pedirem ajuda para fazerem a compra mais adequada para a vossa pele.

 

Eis o resultado:

Sem nome 2.png

 

 

Qual a vossa base favorita?

 

J♥

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/7



Mais sobre mim

foto do autor











Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D